Em 2017 gostava de…

… fazer 31 dias de yoga seguidos.

… voltar a fazer um Whole30.

… ler 18 livros. Significa que tenho de ler 1 livro e meio por mês. Não me parece nada do outro mundo, tendo em conta que no verão, com a praia, consigo ler bastante.

… substituir todos os meus cosméticos de compra por cosméticos naturais e caseiros durante um mês inteiro. Tudo, desde a pasta de dentes ao champô.

… voltar à Alemanha, não necessariamente a Berlim. Temos amigos noutras cidades e estamos seriamente a ponderar a hipótese.

… voltar a fazer esqui. Está nos planos.

… restringir o glúten ao mínimo possível. Sinto o meu corpo cada vez menos tolerante ao glúten, reagindo de uma forma especialmente agressiva às farinhas industriais. Os meus intestinos são um verdadeiro detector da mentira “este pão é caseiro”. Apanho-os a todos!

… costurar mais. Este ano foi uma desgraça em termos de costura, costurei muito pouco. Já estou a fazer uma lista no Pinterest de 12 projectos de costura para 2017. Um por mês. Pode ser que me motive.

… fazer uma caminhada na Islândia (lá não há gafanhotos!). Cheira-me que ainda não é este ano, pois já tenho outras viagens em mira, mas a vida também é feita de sonhos.

 

 

Aos que estão aí desse lado desejo que entrem no novo ano com vontade de mudar. Seja qual for o vosso desejo de mudança, há sempre alguma área na nossa vida em que nos podemos tentar superar, ser pessoas melhores. O resto virá por acréscimo, acho. Tenham um bom 2017!